[Fechar]

Header Ads

Toinho: O santo de casa, a esperança é a última que morre


O bombeiro militar, vereador e pré-candidato a Deputado Federal, Toinho Nascimento (PSDB), essa semana participou de um programa em uma emissora de rádio patoense.

Ao ser questionado sobre o apoio do prefeito de Patos, Dinaldinho, para sua campanha, Toinho disse que "estava conversando com o prefeito". 

O que se sabe até agora é que Dinaldinho, que é do mesmo partido de Toinho: o PSDB, apoia André Amaral do PROS. "Mas ele não disse que não me apoiava, a gente ainda vai conversar" frisou Toinho. 

Num certo momento da entrevista, Toinho afirmou que "sempre votou com os tucanos, não seria agora que iria mudar de lado, pois poderia parecer que ele queria se aparecer".

Mas porque Dinaldinho apoia um candidato a reeleição, que não é de Patos, muito menos de seu partido, ao invés de apoiar Toinho que é da sua base, é de Patos e inclusive já foi líder do governo na Câmara de Vereadores.

Ao que parece, a lealdade de Toinho em votar com os tucanos, não é a mesma que ele esperava ter. Sendo assim, o prefeito prefere apoiar alguém de fora do que apoiar um candidato de casa. 

Religioso como Toinho é, me veio aquele ditado que diz: Santo de casa não obra milagres. Será que Dinaldinho pensou nesse ditado quando foi escolher quem apoiar? 


Vou ali e volto já!